Metodologia

Estou tentando aprender chinês/mandarim (compreensão oral) exclusivamente assistindo filmes, programas infantis, televisão e outras mídias similares.

Não faço nenhum tipo de aula de chinês. Não utilizo materiais didáticos, nem métodos tradicionais. Não converso nem interajo de qualquer maneira em mandarim com pessoas que já falem o idioma. Evito aprender vocabulário ou gramática por qualquer meio além de assistir as mídias supracitadas.

Quando iniciei a experiência, conhecia no máximo duas palavras no idioma (ni-hao e haotzu ou algo assim), nada mais.

Eu falo inglês, português, espanhol e francês. São todas línguas indo-europeias próximas que derivam do Latim e, no caso do inglês, também de raízes germânicas. O mandarim não é de origem indo-europeia, e portanto é mais distante das minhas línguas nativas (inglês e português) e secundárias (espanhol e francês) até do que o árabe e o russo, por exemplo. Por esse motivo, aprender chinês, para mim, representa o maior desafio possível em aquisição de um idioma e em adotar o método aqui descrito.

Eu acredito que a forma mais adequada de se realizar essa experiência seria dedicar pelo menos duas horas por dia aos vídeos em mandarim. Porém, isso não seria possível para mim sem grandes sacrifícios. Por esse motivo, optei por dedicar um mínimo de 30 minutos por dia até obter um grau razoável de compreensão oral, ou até que se torne evidente que o meu método não está funcionando.

Faço registros precisos do tempo e do conteúdo que eu assisto diariamente. Com o intuito de refletir sobre a experiência e compartilhar essas reflexões, estou escrevendo neste blog, todos os domingos, acerca das minhas impressões, meu progresso e outros assuntos correlatos.

Espero, por meio dessa experiência e deste blog, contribuir para uma melhor compreensão sobre o processo de aquisição de idiomas.

O blog é todo em inglês, e considero-o uma ótima leitura semanal para estudantes de inglês. Você pode também deixar seus comentários como forma de treinar sua escrita em inglês; se quiser, farei uma revisão do seu inglês (mas só se você indicar que assim deseja). Além disso, de tempos em tempos, atualizarei a próxima seção sobre o andamento da experiência, para quem não consegue acompanhar o blog em inglês.

MENU PRINCIPAL

2 thoughts on “Metodologia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s